Economia Gestão Empresarial Loja Marketing Vendas

O futuro do varejo sob demanda: vantagens e desvantagens.

Escrito por Fernanda Delgado

Começamos com aquela história antiga: quem veio primeiro, “o ovo ou a galinha”? E em alguns casos, o que veio primeiro, a necessidade ou a solução? E, assim, historicamente, a humanidade sempre evoluiu e se reinventou em todas as esferas.

Hoje, vivemos em um mundo tecnológico, o que exige mudanças rápidas e sintonia total com o novo. E a tecnologia supõe “pressa”, impondo o modus operandi de “pensar no futuro” diário, especialmente para o varejista que enfrenta um mercado cada vez mais competitivo, com consumidores exigentes, bem informados e com novas opções de compra.

São os consumidores omnichannel, aqueles que utilizam todos os meios disponíveis para fazer a sua escolha, os quais vão desde a loja física, passando pela propaganda offline e esvaindo-se no mar que é a internet.

Nesse novo cenário, as marcas e redes de varejo que buscam sua estabilidade no mercado precisam com certa urgência, atentar-se para os novos consumidores, dispostos a investir mais em experiências, do que necessariamente em “coisas”, além de muito mais interessados no varejo que ofereça diferentes experiências customizadas.

Mas quais as vantagens e desvantagens dessa nova realidade na qual a tecnologia é premissa para a satisfação e interatividade com o cliente?

Vantagens Competitivas

Competitividade – agregar tecnologia ao seu negócio significa manter-se no mercado, estar preparado para fazer frente à concorrência e atender às expectativas dos novos consumidores;

Aumento do faturamento – segundo o E-bit, para o ano de 2016, houve aumento de 31% de consumidores digitais ativos (considerando aqueles que realizaram pelo menos uma compra neste período). Este dado apoiado, pelo crescimento das vendas via dispositivos móveis, representam uma grande oportunidade para o varejo em todos os setores.
Acompanhe gráfico do 1º semestre:

 

Gestão mais eficiente – o acréscimo da tecnologia permite uma visão holística do seu negócio, através de soluções e ferramentas especialmente moldadas para o setor. Um sistema de gestão, por exemplo, é capaz de integrar atendimento, produtos, serviços e ofertas com o máximo nível de personalização e experiência.

Fidelização – sendo mais competitivo e atendendo às expectativas do consumidor, as chances dele voltar mais vezes a sua loja são praticamente uma garantia. Cliente satisfeito vai lembrar de você até na hora de recomendar seu negócio para alguém.

Algumas Desvantagens da Inovação

Investimento e atualização – manter-se atual e preparado para novos desafios sempre requer mudanças e investimentos. Na verdade, é uma aposta no futuro, na sobrevivência do negócio. A primeira coisa a se fazer é rever o seu planejamento. Depois, a capacitação de seus colaboradores e a estrutura física do seu PDV. Tudo terá que estar de acordo com a incorporação da tecnologia e das exigências do novo consumidor. Atenção neste pilares!

Impacto social – a incorporação de novas tecnologias normalmente acaba impactando na redução de pessoas e provocando uma preocupação na geração de empregos. Mas, por outro lado, também acaba criando novas oportunidades para mais pessoas. O desafio é buscar um equilíbrio entre as duas situações.

No geral, a experiência mostra que o mercado é mais favorável para quem visualiza as novas oportunidades e desenvolve o seu talento em diversos modelos de negócios.
Aproveite estas novas oportunidades de forma positiva e adeque sua empresa assim que possível!

Sobre o autor

Fernanda Delgado

Deixe um comentário