Sem categoria

“Casa Conectada”: um estímulo de novos negócios!

Escrito por Fernanda Delgado

Você sabia que em pesquisa recente, realizada pela consultoria GfK, estima-se que mais de 90% dos brasileiros já têm ideia do que é uma casa inteligente e que 57% consideram que a automação residencial mudará de alguma forma suas vidas nos próximos cinco anos?

Os constantes avanços tecnológicos no mundo produzem efeitos, muitas vezes, difíceis de serem mensurados, mas com uma certeza, invariavelmente ocasionam mudanças positivas.

Em qualquer caso, atenção e preparo para as mudanças são fundamentais. Sobretudo no varejo que tem, nessas ocasiões, a oportunidade de novos negócios!

A chamada “Casa Conectada”, também conhecida como casa inteligente, é um exemplo de novo mercado para novos negócios do setor.

Ela é resultado de tecnologias dirigidas à residências, com os objetivos de, através de sistemas avançados de automação, monitorar e controlar inúmeras funções domésticas.

A gama de produtos e serviços com essas aplicações permitem, por exemplo, controlar a temperatura interna, monitorar sistemas multimídia e acionar luzes, portas e janelas, e é aqui que seu negócio pode ter um incremento na oferta de produtos ou serviços disponíveis ao cliente.

Uma casa inteligente possibilita um verdadeiro raio X do ambiente residencial permitindo correções, em tempo real, de tudo o que acontece em seu interior, tudo isto pelo fato de operar com inúmeros dispositivos interconectados conectados à internet.

Alguns destes dispositivos conectam inclusive telefones, geladeira, máquina de lavar, ar condicionado e até TVs e videogames, dentre outros hardwares compatíveis.

Nos Estados Unidos, a estimativa é que até o final deste ano, o número de dispositivos em operação chegue a 8 bilhões, com tecnologia capaz até de conectar eletrodomésticos à nuvem.

Segundo especialistas, essa mesma condição será possível no Brasil somente a partir de 2019 e alguns dados já apontam para um forte crescimento da casa conectada por aqui.

Por exemplo:
– o termostato inteligente é o dispositivo mais desejado no país: regula a temperatura da casa por controle remoto, mostra o consumo de energia e tem a capacidade de se auto programar;
– as maiores demandas do mercado brasileiro são: o controle de iluminação, de home theater e som ambiente, e de câmeras de segurança.

Atualmente nos Estados Unidos e Europa, 18% das residências já possuem algum tipo de automação e no Brasil, apenas 0,5%, ou seja, você lojista pode e deve aproveitar este novo mercado em ascensão!

Sobre o autor

Fernanda Delgado

Deixe um comentário