Gestão Empresarial Marketing Vendas

8 Dicas para Vender na Black Friday

Escrito por Fernanda Delgado

A cada ano, a Black Friday ganha mais e mais consumidores no Brasil. Prova disso é que já é uma das três datas comerciais mais importantes do ano, com uma previsão de vendas de R$ 2 bilhões para a próxima edição. Considerável, certo?

Aqui vão 8 dicas para você participar melhor deste pico de vendas e trazer mais clientes para o seu negócio!

Pense suas ações com antecedência
Antecipar-se às datas do calendário promocional é aumentar as chances de obter sucesso. Prepare sua campanha de marketing, sua equipe de vendas e o seu estoque.

Com tudo bem pensado, a Black Friday é uma boa oportunidade para fazer novos clientes e buscar a sua fidelização através de sua satisfação;

Aproveite inclusive, para guardar os dados dos clientes para a próxima edição da Black Friday com um bom sistema de gestão.

Crie promoções realmente vantajosas
O consumidor vê a Black Friday como um dia para aproveitar produtos em promoção, com descontos que realmente valham a pena, portanto, não frustre suas expectativas.

Escolha bem o que anunciar e, mais uma vez, busque a sua satisfação total do cliente, pois além da data ser especial para vendas, a Black Friday é uma ótima para fazer “bonito” com cliente, para o mesmo voltar o ano todo.

Lembrando também que às vezes, um bom desconto em um produto que está demorando a sair é melhor do que deixá-lo na loja, não é mesmo?


Dê preferência para o seu Cliente fiel
Consulte seu sistema de gestão e verifique os clientes que são mais frequentes no seu estabelecimento.

Envie um convite e dê um desconto especial e exclusivo para eles! Dessa forma eles irão se sentir valorizados, não só na Black Friday, mas também como citamos acima, durante o ano todo;


Promova produtos com apelo de venda
A efetivação de uma venda requer que o produto atenda a duas condições básicas do consumidor: necessidade ou desejo de consumo versus preço.

Não adianta colocar um bom preço num produto que ninguém vai comprar, assim como também não adianta um bom produto com preço igual ao do mercado.

É necessário que o produto tenha os dois apelos: desejo de consumo ou necessidade e preço;

 

Esteja nas das redes sociais
Anuncie a sua Black Friday, por exemplo, nas redes sociais. Exemplifique produtos com os apelos que falamos acima. Além de lembrar o evento, você estará reforçando a sua marca e, quem sabe, fazendo novos clientes.

Outro ponto importante é lembrar de assegurar a estabilidade e o desempenho do seu site para um aumento no número de acessos durante o período!


Use a criatividade e improvise
Sabe aquelas mercadorias que estão custando a sair ou que não têm um bom giro isoladamente?

Junte-as com outros produtos que vendem melhor, ou que sejam complementares, e crie kits especiais. O acréscimo de uma embalagem para definir o kit pode resultar em algo atrativo;


Crie alternativas de pagamento
Facilite as condições de aquisição. Ofereça meios de pagamento e condições de parcelamento diferenciadas. O importante é não perder o negócio.

E a flexibilidade nesta hora é uma boa estratégia para fazer e preservar clientes;


Faça da Black Friday um dia especial
Campanha de marketing na rua, equipe e estrutura preparadas para receber. Até aí, nada de diferente da concorrência, certo?

Para tanto, lembre-se destas antigas máximas e que não trazem erros:

  • Abra mais cedo e saia na frente.
  • Feche mais tarde e amplie o atendimento.
  • Pense na demonstração de produtos.
  • Diferencie-se e crie um ambiente especial na loja.

    Certamente desta forma, não tem como ter outro resultado, a não ser o sucesso em vendas! Aproveite!

 

Sobre o autor

Fernanda Delgado

Deixe um comentário