Gestão Empresarial Marketing Vendas

4 Mudanças no Comportamento do Consumidor no Varejo

Escrito por Fernanda Delgado

Para alguns aficionados em música, o cenário musical no mundo se divide em antes e depois dos Beatles.

Mas e o que isso quer dizer?

A partir da melhoria dos processos de industrialização, da oferta e criação de novos serviços e sistemas, nada mais natural que a tecnologia também promovesse a mudança de comportamento do consumidor, neste caso, mudasse o comportamento especificamente do consumidor de varejo, podendo este ser dividido em antes e depois do advento tecnológico!

Este novo momento trouxe maior praticidade, onde  negócios estão mais transparentes e sob a regência deste novo perfil shopper, um consumidor antenado, muitíssimo bem informado.

Hoje, o consumidor tem mais fontes de informação sobre o produto/serviço que consome e sim, sua loja, preços e condições comerciais são comparados algumas vezes antes de qualquer operação, portanto, as falsas promessas não cabem mais.

Hoje, já não é necessário sair de casa para ir ao banco ou pagar contas. Os padrões de consumo mudaram radicalmente.

Acompanhe a seguir, 4 dessas mudanças no comportamento do consumidor de varejo!


O consumidor valoriza uma empresa e marca ética
O momento é de valorizar a ética e a legalidade, não pelo momento sócio-político em que vivemos, e sim pela necessidade desses valores na condução de qualquer empresa em qualquer nicho.

Se até algum tempo atrás isso era assunto apenas para as ONGs, hoje o mínimo desvio de conduta, pode não ser mais perdoado pelo consumidor digital..

O consumidor está mais crítico
Muito cuidado com ações que possam ser ofensivas, sobretudo àquelas de comunicação com o mercado.

Analise exaustivamente todas as mensagens para esgotar, ao máximo, a chance de constranger A ou B.

O consumidor atual é consciente de seus direitos e mais disposto a fazer valer os mesmos. Se isto pode ser visto como exagero, a verdade é que este tipo de mudança veio para ficar.

O consumidor também quer ser ouvido
Transparência e capacidade de diálogo são sempre bem-vindos para fortalecer a relação com o consumidor. E também é passa a ser um ótimo negócio para ambos lados.

A empresa pode corrigir eventuais deficiências que só o consumidor percebeu e, este, ganha em importância ao ter a oportunidade de ser ouvido.

O consumidor está nas redes sociais
Hoje é impossível não considerar as redes sociais como meio de se comunicar com o consumidor.

E com a chegada dos jovens da geração “Millenials”, entrar em ao menos uma rede social diariamente, faz parte da rotina de praticamente todos.

Seja para curtir fotos, trocar mensagens ou ler notícias, anunciar em redes sociais é acompanhar esta importante mudança no seu comportamento e passou a ser essencial para todo e qualquer negócio, praticamente obrigatório.

Com a entrada do marketing digital no leque de opções para comunicar-se com seu público, conquistar seu cliente passa a ser um desafio diferente, muito mais estratégico e inteligente, além do que, para perder aquele que chegou ao negócio, passa a ser também muito mais rápido.

Para melhorar esta equação, busque relacionamentos transparentes e de longo prazo com seu cliente, primando por uma experiência de excelência junto a ele! Foque nisto!

Sobre o autor

Fernanda Delgado

Deixe um comentário