Economia Gestão Empresarial Loja Marketing Móveis Sem categoria Vendas

3 dicas quentes para planejar uma loja virtual!

Escrito por Fernanda Delgado

Planejar é a etapa de qualquer negócio que poderá definir se ele terá sucesso ou não, afinal de nada adianta abrir as portas de um ponto físico ou virtual, se você ainda não sabe qual será o nicho de mercado a ser atendido ou quanto precisa faturar durante determinado período para que sua loja vá adiante.

Por isso, na hora de montar um comércio eletrônico, é importante seguir alguns passos, para desta forma, definir objetivos e traçar as estratégias necessárias para o bom desempenho de sua loja virtual.

Veja 3 dicas fundamentais para começar o quanto antes o planejamento de seu e-commerce!

Quebrando o cofrinho

Um dos primeiros passos será definir quanto você tem para investir. Realizar o cálculo inicial, dividindo o montante do valor por 12 meses, fará com que você tenha uma verba mensal previamente estipulada para estes investimentos.

Veja um exemplo prático: se o valor base for de R$15.000, você precisará planejar as despesas dentro dos R$1.250 estipulados para o mês, incluindo neste valor, investimentos como marketing, além de outras despesas fixas.

Regra de ouro: desenhar as etapas

A análise de mercado é fundamental para qualquer negócio que esteja em vias de acontecer. Neste caso, você saberá como posicionar seu e-commerce, bem como realizará outros estudos importantes para esta etapa do negócio, mapeando concorrentes, que tipo de demanda existe, qual o seu público-alvo, assim como os valores praticados no mercado.

Nesta fase serão definidos os profissionais contratados, a plataforma a ser utilizada, em que canais serão realizados os anúncios e quais os custos operacionais em geral sua loja terá.

A escolha de profissionais pelo marketing

Muitos empresários possuem boas ideias, mas não sabem por onde começar a execução das etapas de uma loja virtual.

Geralmente um profissional de marketing poderá auxiliá-lo, colaborando desde o desenvolvimento de um planejamento assertivo, passando pela escolha dos fornecedores, até a etapa final, em que os resultados serão analisados.

No final das contas, é este o profissional responsável pela viabilização do projeto como um todo, coordenando etapas de desenvolvimento, contratando a equipe necessária e auxiliando o proprietário também no planejamento de mídia.

É importante lembrar que as lojas virtuais, até mais ou menos 5 anos atrás e principalmente  aqui no Brasil, eram soluções em conta e que transmitiam um certo sentimento de “ganhar dinheiro fácil”.

Atualmente, muitos já descobriram a “pólvora”, desta forma é necessário ter em mente que o planejamento prévio e a contratação de pessoal especializado são de suma importância para que seu projeto fique bem feito.

Lembre-se que assim como a assessoria de marketing, você também precisará de uma boa assessoria contábil, a fim de verificar a legislação acerca de impostos obrigatórios e outros trâmites legais.

Como o comércio eletrônico é uma tecnologia em constante transformação, é preciso estar atento a esta primeira etapa, planejando com cuidado cada parte de sua loja virtual e se cercando de fornecedores que realmente entendam do assunto.

Atente-se a estes pontos e se prepare para colher ótimos resultados a seguir!

 

 

 

 

Sobre o autor

Fernanda Delgado

Deixe um comentário