Economia Gestão Empresarial Loja Marketing Móveis Vendas

3 Características do colaborador de excelência!

Escrito por Fernanda Delgado

Para que qualquer negócio prospere, é imprescindível ter colaboradores que possuam além de competência técnica para a função em questão, uma série de requisitos que estejam em sinergia com a cultura da empresa que os contrata.

Por isso, um processo seletivo bem feito é fundamental para conseguir identificar o perfil adequado para o posto de trabalho em aberto.

O ideal é, caso não exista um departamento ou alguém com formação em recursos humanos, que haja ao menos o entendimento de que são necessárias certas características para determinada vaga em sua empresa. E é nesta hora que você ou o RH devem listar quais são os requisitos fundamentais para ter um bom funcionário no dia a dia de seu negócio.

E para reduzir qualquer imprevisto no decorrer da relação de trabalho, veja a seguir 3 características positivas básicas para encontrar em colaboradores, sejam eles vendedores ou gestores!

PROATIVIDADE

Termo que expressa a qualidade do colaborador em antecipar-se e responsabilizar-se por decisões e atitudes tomadas diante de uma situação de trabalho.

Este é o típico funcionário com perfil de gestão, pois possui bom senso frente aos fatos e não necessita estar sendo orientado o tempo todo em sua função.

O colaborador com este perfil antecipa problemas e apresenta a capacidade de planejar situações que poderiam ser adversas para a organização como um todo, no entanto, precisa ser estimulado para não cair na rotina de sua função.

Geralmente é aquele que naturalmente torna-se o “braço-direito” da direção, possivelmente substituindo a gerência quando necessário for.

POSITIVIDADE

Em cenários de crise no setor de atuação da empresa, este é o funcionário que consegue vislumbrar aquela “luz no fim do túnel”. Enquanto seus colegas reclamam, ele é o líder capaz de encontrar as soluções criativas diante de alguma adversidade.

Esta característica em especial é muito almejada por gestores com grandes equipes – geralmente mais complexas de serem coordenadas, o que torna este colaborador otimista um líder informal frente ao time que pertence.

Este é o profissional que trabalha contente em sua função, colaborando para um bom clima organizacional e melhorando automaticamente a qualidade do tempo passado no local de trabalho.

BOA COMUNICAÇÃO

Nada pior do que ter em seu time um colaborador que não dá continuidade em algum processo estabelecido por falta de comunicação.

Este é o clássico funcionário que quando cobrado de algum assunto, pode dizer que não sabia da demanda em questão ou em tempos atuais, que não recebeu o e-mail com a parte que lhe pertencia na atividade proposta.

Então mire no oposto deste.

O bom comunicador geralmente é um excelente vendedor, principalmente se acompanhado de uma certa organização e lógica em sua forma de trabalhar, propagando informações à colegas e desenvolvendo um espírito colaborativo no grupo!

Observe também, o perfil de colaboradores que “começam, mas também terminam” atividades propostas.

Como?

Esta característica você já pode identificar, por exemplo, pela sequência de atividades elencadas no currículo profissional dos entrevistados.

Verifique os reais motivos pelos quais a pessoa que está sendo selecionada saiu do trabalho anterior ou ainda, os processos pelos quais passou para receber alguma promoção, se este for o caso.

Pondere não somente seu lado profissional neste momento, mas também o pessoal, levando em consideração além do histórico profissional do entrevistado, seus valores pessoais.

Em suma, busque para seu quadro de profissionais, aqueles que estejam sempre dispostos a ajudar, mesmo que em algumas vezes, certas tarefas não estejam sob sua responsabilidade, afinal este colaborador tende a ser aquela peça que solucionará todos os “quebra-cabeças” de sua empresa! Aposte nisso!

Sobre o autor

Fernanda Delgado

Deixe um comentário